Título do Brasileirão é 99% do Flamengo, aponta matemático

Título do Brasileirão é 99% do Flamengo, aponta matemático IMAGE
Flamengo alcanou na 32 rodada aproveitamento de incrveis 80 Foto Alexandre VidalCR FlamengoFlamengo alcançou na 32 rodada aproveitamento de incríveis 80% (Foto: Alexandre Vidal/CR Flamengo)

Que o Flamengo pode ser considerado virtual campeão brasileiro, não é surpresa para ninguém, mas após a 32ª rodada neste fim de semana, a probabilidade matemática disso se confirmar chega a incríveis 99%. Pelo menos esse é o calculo feito pelo matemático Tristão Garcia, do site Infobola, especializado em processamento dos resultados do futebol em diversas competições.

Agora com 77 pontos e incríveis 80,2% de aproveitamento, apenas uma sequência para lá de improvável de resultados impede o título rubro-negro. Segundo Tristão, a probabilidade de título está em 99%, sobrando agora apenas 1% para o vice-líder Palmeiras, que soma 67. Faltando 18 pontos a serem disputados, matematicamente o Santos, com 64, ainda poderia alcançar o líder, mas o cálculo leva em consideração o desempenho e nível dos próximos adversários e a probabilidade do Peixe perder pontos é maior que dos dois primeiros.

Libertadores

Ainda de acordo com o levantamento do matemático, a zona de classificação para fase de grupos para Libertadores está quase definida. O Flamengo está garantido, Palmeiras e Santos tem 99% cada e o Grêmio, com a combinação de resultados do fim de semana, chegou a 83%. Outros três times ainda sonham com o G4. O São Paulo tem 11% e chances, Internacional tem 4% e o Corinthians 3%.

Como o Flamengo ainda disputa a decisão da Libertadores contra o River Plate-ARG, dia 23, em Lima, no Peru, uma nova vaga será ser aberta se o time carioca conquistar o título, neste caso para o quinto colocado. O Athletico-PR, sexto colocado, foi desconsiderado por já estar classificado por ter conquistado o título. Outras duas vagas estão abertas para a disputa da fase preliminar.

Rebaixamento

A situação dos dois últimos colocados em relação a queda é quase como a do Flamengo para o título, irreversível. O Avaí-SC, lanterna com 17 pontos, e a Chapecoense-SC, penúltima com 22, estão juntos com 99% de degola, o que eliminaria a possibilidade de clubes de Santa Catarina estarem na Série A em 2020, já que Figueirense-SC e Criciúma-SC, que disputam a Série B, brigam também contra a queda.

Outro em situação complicada é o CSA-AL que, após a derrota para o Vasco da Gama por 3 a 0, aumentou as chances de retornar à segunda divisão de 70% para 91%. Depois, os mais ameaçados são Fluminense, com 37%, Cruzeiro com 29%, Botafogo com 26% e Ceará-CE com 14%. Fortaleza-CE, Atlético-MG, Vasco e Goiás-GO também correm riscos matemáticos, mas oscilando entre 2% e 1%

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)