Sampaoli diz que quer ficar muito tempo no Santos: "Que eu possa cumprir o sonho de ser campeão"

Sampaoli diz que quer ficar muito tempo no Santos:

O futuro do técnico Jorge Sampaoli parece ser, cada dia que passa, permanecer no Santos. Além de já ter status de ídolo da torcida, o próprio argentino afirmou em entrevista coletiva nesta sexta-feira que deseja "ficar muito tempo" no Peixe e que quer "cumprir o sonho de ser campeão" no clube.

Sampaoli tem contrato com o Santos até o fim de 2020, com multa rescisória de cerca de R$ 10 milhões. A entrevista foi em "clima de paz", diferentemente das últimas oportunidades. Durante a semana, o técnico se reuniu com o presidente José Carlos Peres e com o diretor de futebol Paulo Autuori e acordou de resolver os problemas internamente.

– Sobre o lugar que tenho hoje: quero ficar muito tempo aqui. Que haja essa possibilidade. Tudo depende de resultado, mas não tivemos algo formal sobre contrato. Seria muito bom cumprir o sonho de ser campeão com o Santos – disse Sampaoli.

– Ideia é sair campeão, ou ao menos tentar. Se eu tiver mais tempo, muito melhor. Ideia é cumprir objetivo desportivo. Esse clube é muito importante, estou feliz aqui e na cidade. Tomara que eu possa cumprir meu sonho de ser campeão – emendou o técnico argentino.

Sampaoli est feliz no Santos onde quer ficar por muito tempo  Foto Ivan StortiSantos FCSampaoli est feliz no Santos onde quer ficar por muito tempo  Foto Ivan StortiSantos FC

Sampaoli está feliz no Santos, onde quer "ficar por muito tempo" — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Sampaoli também falou sobre os torcedores do Santos, que estão perto de esgotar os ingressos para a partida contra o Fortaleza, no outro fim de semana. Será a terceira vez consecutiva de Vila Belmiro lotada.

– É o que eu quero sempre como treinador. Que a torcida esteja feliz e encha sempre. Se o estádio fica cheio, não temos necessidade econômica de jogar em São Paulo. É uma defesa do lugar. Proteger o lugar é estarmos juntos e não darmos justificativas para sair da Vila. Se não forem, estaremos debilitados se quisermos jogar aqui. Temos que aceitar decisões por tema econômico.

Antes, o Santos enfrenta o Cruzeiro, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

– Temos muitos desejos de manter nosso lugar atual. Que terminemos o primeiro turno assim. Estamos muito focados. Nosso sonho nos pressiona um pouco e isso passou contra o São Paulo. Não fomos o que somos. Mais do que ser superado, não fomos a gente. Ideia é ser quem somos contra o Cruzeiro. Que mais do que a obrigação de ganhar, temos que defender esse lugar que nos custou muito. Será muito mais difícil contra o São Paulo. A chegada do Rogério... Será muito intenso, de alto nível – conclui o técnico.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)