Presos cavam túnel e fogem da Penitenciária de Segurança Máxima

Presos cavam túnel e fogem da Penitenciária de Segurança Máxima IMAGE

Três detentos cavaram um túnel na cela e fugiram pulando o muro da Estabelecimento Penal de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, na madrugada de hoje, em Campo Grande. Os fugitivos foram identificados como Sérgio Gonçalves da Rocha, Ronaldo Batista da Silva e Hiata Anderson Mateus dos Santos Oliveira.

Segundo consta no boletim de ocorrência, pelo sistema de monitoramento, agente penitenciário percebeu que cinco internos escaparam da cela e estavam entre o pavilhão 1 e a cozinha do presídio, carregando uma escada artesanal.

Agente penitenciário acionou o alarme geral e, em busca na parte externa da penitenciária, dois presos foram recapturados, enquanto os outros três entraram em um matagal sentido saída para Três Lagoas e não foram localizados.

Todos os detentos, tanto os que fugiram quanto os recapturados ocupavam a cela 113 do pavilhão 2, ala B, onde havia ainda no total 22 presos no momento da fuga.

Eles foram retirados e a cela foi isolada para vistoria, onde foi constatado que havia um buraco de 0,50 x 0,50 localizado próximo a porta, posição que dificultava a visão e constatação por parte dos agentes penitenciários. Nenhum dos presos quis dizer quem foi o mentor da ação.

Os recapturados, Emerson Junior Caetano Nunes e Washington Fernandes Maidana Sobrinho, foram encaminhados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro. Eles estavam com ferimentos que, segundo os agentes penitenciários, foram causados pelo fato de terem pulado o muro de seis metros de altura e, ao retornarem para o presídio, foram isolados.

Os outros presos que ocupavam a mesma cela foram remanejados para outros alojamentos, até que seja feito o reparo e o fechamento do túnel.

A Polícia Militar é responsável pela segurança das muralhas do presídio e realizou diligências em busca dos fugitivos.

Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) abriu procedimento interno para apurar as circunstâncias da fuga. O caso também será investigado pela Polícia Civil.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)