Prefeito de Bataiporã deve deixar MDB e migrar para Democratas em busca da reeleição

Prefeito de Bataiporã deve deixar MDB e migrar para Democratas em busca da reeleição IMAGE

José Almir Portela, Redação Nova News

Foto: Assessoria

Cb image default

O prefeito do município de Batayporã, Jorge Luiz Takahashi, deve deixar o MDB e assinar ficha nos Democratas, partido hoje liderado pela deputada federal licenciada Tereza Cristina, que atualmente comanda o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Governo Bolsonaro.

De acordo com apurado pelo Nova News, Takahashi teria recebido o convite da própria ministra e a filiação estaria prevista para ocorrer já nos próximos dias. Nas eleições de 2018, o gestor foi o principal cabo eleitoral da atual ministra em Batayporã, quando a mesma foi reeleita deputada federal.

Recentemente, o ex-governador André Puccinelli (MDB) esteve em Batayporã justamente para tratar do futuro político da legenda no município, contudo, segundo pessoas que participaram do encontro, a reunião não foi nada amistosa, especialmente pela orientação dada com o intuito de “oxigenar” a sigla a partir da filiação de novos nomes já com vistas em 2020.

A pressão vinda do “italiano” teria deixado alguns caciques do MDB local enfurecidos, dentre eles o próprio prefeito, que agora poder deixar o partido para filiar ao DEM, visando a reeleição no município de Batayporã.

De acordo com diretoria estadual do DEM, o partido pretende disputar ao menos 10 municípios com candidatura própria. Outro prefeito da região do Vale do Ivinhema que estaria na mira da legenda seria Roberto Cavalcante, de Angélica, que atualmente esta no PSB, ex-partido de Tereza Cristina.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)