Mistura de queimadas com frente fria explicam dia cinza em MS

Mistura de queimadas com frente fria explicam dia cinza em MS IMAGE
LUANA RODRIGUES

O céu azul, característico de Mato Grosso do Sul, deu lugar a uma névoa acinzentada nesta segunda-feira (19), que deixou o sul-mato- grossense assustado. O fenômeno é explicado pela soma da chegada de uma frente fria, com nuvens carregadas, e ventos que têm trazido material particulado originado de queimadas no Paraguai e na Bolívia.

Conforme o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia(Inmet), Franco Nadal Villela, queimadas em áreas extensas, que começaram no fim de semana, tanto no Paraguai, quanto em áreas da Bolívia, tem transportado material particulado para o Estado. Somada a isso, a chegada de uma frente fria aumentou a nebulosidade, principalmente, no Norte do Estado, onde houve pancadas de chuva pela manhã. “Há um efeito bastante significativo da entrada de material oriundo dessas queimadas, mas também uma frente fria oscila pelo estado promovendo muitas nuvens e chuva isolada no norte e
nordeste”, explicou.

Amanhã ainda pode chover de forma isolada, o tempo continuará nublado e as temperaturas diminuem no norte e leste. Nas demais áreas do Estado, o sol aparece entre nuvens. A umidade do ar estará próxima aos 30% com ventos de sul a sudeste.
Na quarta-feira, as temperaturas estarão amenas ao amanhecer e se elavam rapidamente durante o dia, os ventos vão de sul a leste. A umidade do ar estará próxima aos 30% em todo estado. O sol aparece entre poucas nuvens.

Este sistema enfraquece e afasta do estado durante a quinta-feira, quando os ventos de giram para leste e nordeste. O sol predomina e as temperaturas sobem significativamente. A umidade do ar estará próxima aos 20% na área central do estado.
Na sexta-feira, as temperaturas continuam elevadas durante o dia e a umidade do ar estará próxima aos 20% em grande área do Estado.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)