Inter e Athletico disputam título da Copa do Brasil em Porto Alegre

Inter e Athletico disputam título da Copa do Brasil em Porto Alegre IMAGE
Campeo da Copa do Brasil garante lugar na Libertadores e na Supercopa do Brasil Foto Ricardo DuarteSC InternacionalCampeão da Copa do Brasil garante lugar na Libertadores e na Supercopa do Brasil (Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional)

A Copa do Brasil pode ter um campeão inédito ou um bicampeão nesta quarta-feira (18). Em Porto Alegre, Internacional e Athletico-PR disputam o título da edição 2019 da competição mais rentável do Continente, com um valor total, entre cotas e premiação, de aproximadamente R$ 74 milhões. O vencedor garante vaga na Libertadores 2020 e uma vaga na Supercopa do Brasil, competição inédita que reunirá o campeão da Copa do Brasil com o campeão do Campeonato Brasileiro.

A arbitragem da partida final será do árbitro Wilton Pereira de Sampaio, de Goiás. Os auxiliares serão do também goiano Bruno Raphael Pires e do paulista Emerson Augusto de Carvalho. O responsável pelo árbitro de vídeo será o catarinense Bráulio da Silva Machado. Todos são do quadro de arbitragem da Fifa.

A partida começa favorável ao Athletico, vencedor do jogo de ida, em Curitiba, por 1 a 0. Um empate garante ao Furacão a conquista inédita. O Colorado, campeão em 1992, precisa vencer por dois gols de vantagem para ficar com a taça, ou pelo menos por um, em qualquer placar, para levar a disputa para os pênaltis.

Dúvida colorada

O técnico Odair Hellmann quer contar com o mesmo time que entrou em campo no primeiro jogo, mas o desejo pode se esbarrar em D’Alessandro. O meia argentino convive com dores musculares desde o treino de domingo e sua escalação não é certa. Mesmo assim, está concentrado, o que é um bom sinal. Rafael Sobis ou Wellington Silva são as opções em caso de ausência do titular.

Autor de dois gols na semifinal, no Beira Rio, Paolo Guerrero reconheceu a qualidade do adversário, mas mostrou confiança no Colorado em Porto Alegre. "Uma decisão como essa a gente tem o fator casa. É sempre importante. Perdemos como visitante e definimos os 90 minutos aqui. Essa chance é linda, de decidir aqui em casa Respeitamos muito o time do Athletico, que é muito qualificado, joga bem com a bola, são bem dotados tecnicamente, não têm pressa, fazem seu jogo. Mas acho que amanhã vai ser diferente", analisou o atacante.

Dúvidas passam longe do técnico Tiago Nunes, do Athletico. O time deve ser o mesmo do primeiro jogo, sem surpresas na escalação. O volante Bruno Guimarães, autor do gol no jogo de ida, segue como o destaque do Furacão.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)