Grêmio e Flamengo somam quase 200 gols no ano; analisamos os melhores ataques do Brasil

Grêmio e Flamengo somam quase 200 gols no ano; analisamos os melhores ataques do Brasil IMAGE

A semifinal da Libertadores entre Grêmio e Flamengo, que começa a ser disputada às 21h30 desta quarta-feira, na Arena, tem todos os ingredientes para dois grandes duelos. Futebol bem jogado, camisa de tradição, atletas de qualidade… E gols em abundância. Os dois times somam, juntos, quase 200 gols na temporada e ostentam os melhores ataques do Brasil.

Jorge Jesus comanda uma potência de exatos 100 gols em 2019, em especial com o trio Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta. Já o Grêmio contabiliza 97 e avança na batida de Everton, Luan e agora Diego Tardelli, novo titular há algumas semanas.

Com base em números levantados pelo Futdados, o Globoesporte.com apresenta um raio-x sobre os gols dos melhores ataques da temporada até o momento:

  Foto Infoesporte  Foto Infoesporte

— Foto: Infoesporte

Grêmio prioriza lado esquerdo, bola no chão e fim do jogo

O Tricolor tem em sua ofensividade um DNA do time sob o comando de Renato Gaúcho. Desde 2016, apesar de não abrir mão da solidez defensiva, o treinador cobra uma postura de imposição da equipe mesmo fora de casa. Recentemente, por exemplo, bateu o Cruzeiro por 4 a 1 e o Santos por 3 a 0, ambos como visitante.

A preferência é clara. Todos os caminhos levam a Everton Cebolinha. A maior parte dos gols gremistas sai pelo lado esquerdo, espaço onde cai o artilheiro da temporada com 17 bolas na rede. São 49 jogadas criadas pela esquerda, contra 34 pela direita e outras 14 pelo centro.

 (O Grêmio) Valoriza muito a posse de bola, isso é fundamental no futebol. Quanto mais tiver com a bola nos pés, menos o time vai cansar. É um dos nossos sucessos. Mas vamos enfrentar uma equipe que joga como o Grêmio. Agora, tenho visto todos os jogos do Flamengo e não vejo uma equipe que jogue contra o Flamengo da forma que o Grêmio joga também. A maioria joga se defendendo – comentou Renato Gaúcho.

O momento do jogo com maior número de gols marcados pelo time de Renato Gaúcho é entre os 30 e os 45 minutos do segundo tempo. Na reta final das partidas, o Tricolor anotou 22 gols, além de outros três nos acréscimos da segunda etapa. Mostra que não falta gás para os gaúchos.

Trio artilheiro, a canhota de Gabigol e o fator segundo tempo

O trio Gabigol, Arrascaeta e Bruno Henrique é responsável por 65 dos 100 gols anotados pelo Rubro-Negro na temporada. Todos foram convocados para Brasil e Uruguai nos amistosos do mês, antes da segunda partida da semifinal.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)