Flamengo vence CSA por 1 a 0 e mantém vantagem no Brasileirão

Flamengo vence CSA por 1 a 0 e mantém vantagem no Brasileirão IMAGE
Arrascaeta comemora com Everton Ribeiro o nico gol do jogo no Maracan Foto Alexandre VidalCR FlamengoArrascaeta comemora com Everton Ribeiro o único gol do jogo no Maracanã (Foto: Alexandre Vidal/CR Flamengo)

A vantagem do líder Flamengo no Campeonato Brasileiro segue confortavelmente nos dez pontos após a 28ª rodada. Neste domingo (27), no Rio de Janeiro, ao contrário dos prognósticos, o Mengão venceu o CSA-AL "apenas" por 1 a 0 e ainda contou com excelente atuação do goleiro Diego Alves, evitando em alguns lances gol certo dos alagoanos. Arrascaeta, no início do jogo, marcou o gol rubro-negro.

Com mais uma vitória, a 21ª na campanha, o Flamengo chega aos 67 pontos e mantém dez de vantagem em relação ao Palmeiras, que venceu o Avaí-SC por 2 a 1 e está com 57 pontos. Para se ter uma idéia da dimensão da campanha rubro-negra faltando ainda dez rodadas, o time foi campeão em 2009 justamente com 67 pontos e o Verdão, com a atual pontuação, faz sua melhor campanha nos pontos corridos, incluindo os títulos de 2016 e 2018.

O jogo

O Estádio do Maracanã recebeu o maior público do Brasileirão para ver o líder em campo. Mais de 65 mil torcedores, entre pagantes e não pagantes, viram o Flamengo abrir vantagem sobre o CSA logo aos oito minutos de bola rolando. O meia Arrascaeta recebeu passe de Everton Ribeiro, fez o domínio e, com a perna esquerda, jogou a bola para as redes alagoanas. A sensação de nova goleada rubro-negra, porém, não se confirmou, com chances de ampliar o placar sendo desperdiçadas por Bruno Henrique, Arrascaeta e Gabriel.

O Azulão, por outro lado, não deixou de assustar. Aos 35, Apodi apareceu livre na área e encheu o pé, mas parou em ótima defesa de Diego Alves. Depois, aos 40, Dawhan tirou Thuler com corte seco, ficou de frente para Diego Alves e bateu. Mas o camisa 1 do Fla fez outra grande defesa, evitando o empate no primeiro tempo.

O segundo tempo seguiu movimentado, com chances perdidas dos dois lados. O Rubro-Negro criava oportunidades sem a mesma precisão na conclusão de outros jogos, enquanto o Azulão só não empatou porque Diego Alves estava em mais uma noite iluminada. Aos 34, Warley recebeu livre na grande área, bateu de primeira e parou em outra defesa do camisa 1. Depois, aos 40, Alecsandro recebeu bom cruzamento, se antecipou à defesa e testou firme. A bola tirou tinta da trave direita do gol. Mas, no fim, o Flamengo manteve-se sólido e faturou sua 21ª vitória no Brasileirão

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)