Corretor de imóveis de Dourados é assassinado em fazenda no interior

Corretor de imóveis de Dourados é assassinado em fazenda no interior IMAGE
Pedro, à esquerda, em fotografia com o pai Zé do Norte, a mãe Helenir, e irmãos. (Foto: Arquivo da família)

Um crime bárbaro ocorrido em uma fazenda localizada no interior de Mato Grosso do Sul abalou a estrutura de uma tradicional família douradense.


A vítima, o corretor de imóveis Pedro Batista dos Santos Neto, 44, o Pepe, é filho do agricultor José Batista dos Santos, conhecido nos meios políticos como Zé do Norte, que já disputou várias eleições em Dourados.  


Pedro foi morto na noite do ultimo domingo (22) na fazenda da família dele em Porto Murtinho. 


De acordo com as primeiras informações, ele teria sido degolado por um suspeito que já foi identificado pela polícia. Pedro cuidava há algum tempo da propriedade rural e era irmão do delegado aposentado da Polícia Civil, Sebastião Auro Nunes dos Santos.


Policiais civis e militares de Porto Murtinho estiveram no local e o corpo está sendo levado para Dourados onde será velado Complexo Pax Primavera.


Policiais da região estão ouvindo testemunhas e outros estão em busca do suspeito. O motivo do crime não foi informado.


O delegado aposentado Sebastião Auro acompanha pessoalmente o trabalho de liberação do corpo do irmão que deve chegar a Dourados no começo da noite desta segunda-feira.


POLÍTICO INFLUENTE 


A trágica morte do filho, levou várias pessoas, entre amigos, familiares e políticos a se solidarizarem com Zé do Norte, que nesta manhã recebeu várias ligações, entre as quais, do ex-prefeito de Dourados e ex-deputado federal José Elias Moreira. 


Em seu perfil no facebook, a cunhada de Pedro, Mara Matos expôs seus sentimentos. 


"E meu coração sangra....assassinaram meu cunhado mais novo, o Pedro irmao do Sebastião...lá na fazenda do meu sogro em Porto Murtinho...o corpo deve ser liberado para translado a partir das 7 da manhã....deve começar a velar a partir das 11 da manhã na capela antigo objetivo..próximo ao lar Santa rita....meu esposo está sem chão.....foi para fazenda acompanhar.....família em luto", postou Mara, que é mulher do delegado aposentado. 

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)