Águia Negra defende tabu de três anos para ser tricampeão estadual

Águia Negra defende tabu de três anos para ser tricampeão estadual IMAGE
CAMPO GRANDE NEWS


O Águia Negra está perto do título do Campeonato Estadual e para ser campeão pela 3ª vez no próximo domingo (17) o clube precisa apenas defender um tabu que já dura três anos. A última vez que o clube sofreu uma derrota por dois gols de diferença em casa, resultado necessário para o Aquidauanense chegar ao troféu, foi na edição de 2016.

 

O resultado negativo no Ninho da Águia foi para o Comercial por 3 a 1 pelas quartas de final. A partida foi realizada no dia 9 de abril.

 

Já a última derrota por dois gols de diferença independente do mando de campo foi para o Novo, com placar de 2 a 0, válido pelo jogo de ida das quartas de final do Estadual. No jogo da volta, em Rio Brilhante, o Rubro-negro venceu por 1 a 0, mas acabou eliminado do torneio.

 

Na edição do ano passado, o Águia chegou as quartas de final invicto, mas deixou o torneio na mesma fase e para o mesmo adversário, com empate de 1 a 1 e derrota de 2 a 1.

 

No atual torneio, o Águia sofreu três derrotas em 16 jogos: 1 a 0 para o Comercial e 2 a 1 para o Aquidauanense, ambos pela fase de classificação, e 1 a 0 para a Serc pelas quartas de final. No jogo seguinte o time de Rio Brilhante reverteu o resultado.

 

Por outro lado, o Aquidauanense conseguiu duas vezes o resultado que precisa nesta edição do campeonato. Mas os dois jogos foram em casa, ou seja, o time do técnico Mauro Marino também terá que buscar algo inédito neste ano. Os placares com diferença de 2 gols ou mais foram nas vitórias sobre o Novo, por 5 a 1, e o União, por 2 a 0.

 

O Azulão conseguiu três vitórias fora de casa nesta edição: 1 a 0 e 2 a 1 sobre o Comercial e 2 a 1 sobre o Águia Negra, no palco da final de domingo, pelo encerramento da 1ª fase.

 

“O segundo jogo é um pouco diferente porque já não pode errar mais. Quem errar mais, com certeza vai ter mais dificuldade. Então os detalhes serão fundamentais. Não Vamos deixar o adversário nos intimidar, temos nossas ambições”, destaca o técnico do Aquidauanense, Mauro Marino.

 

O Azulão busca o seu primeiro título no torneio. Já o Águia Negra, campeão em 2007 e 2012, busca o tricampeonato. Com o placar de 2 a 1 favorável no jogo de ida, o time de Rio Brilhante pode até perder por um gol de diferença que ainda assim garante o título por ter feito melhor campanha. A decisão está marcada para domingo, às 15h.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)