Ação integrada entre Saúde e HR incentiva a amamentação em Nova Andradina

Ação integrada entre Saúde e HR incentiva a amamentação em Nova Andradina IMAGE
João Cláudio/PMNA

07/08/2019 08h00

Na semana mundial de amamentação, de 1 a 7 de agosto, a Secretaria Municipal de Saúde atuará em conjunto com o Hospital Regional Francisco Dantas Maniçoba, de Nova Andradina, na realização de uma campanha de incentivo à amamentação.

 

Uma equipe multiprofissional formada por técnicas de enfermagem, enfermeiras, odontóloga e fonoaudióloga de ambas as instituições estão percorrendo todos os quartos da maternidade do hospital com o intuito de dar orientação e aconselhamento sobre os benefícios do aleitamento materno, tanto para o bebê quanto para a mãe. 

 

Na sua abordagem junto às mães, a fonoaudióloga Thais Lobo Grígolo explica que a amamentação fortalece os músculos (lábios, língua e bochechas) que são responsáveis pelas funções de sucção e deglutição, futuramente beneficiando as funções de mastigação e fala do bebê. Além disso, a profissional presta informações sobre os testes da orelhinha e linguinha, que são realizados pelo município nos primeiros dias de vida dos bebês.

 

De acordo com Rosenilda da Silva Alves, o Ministério da Saúde recomenda que a amamentação exclusiva seja realizada até os seis meses, não apenas pelo aspecto psicológico, emocional, imunológico, como também pelo vínculo que é fortalecido entre mãe e filho. “Esse estímulo é o alicerce da boa saúde ao longo da vida para crianças e mães, da gestação até o puerpério”, ressalta a enfermeira coordenadora da Rede Cegonha.

 

Já a odontóloga da rede municipal de saúde afirmou que este trabalho de orientação é realizado de forma permanente nas Estratégias Saúde da Família (ESFs) em todos os bairros. “A mãe vai nas unidades na primeira semana do nascimento da criança para fazer o teste do pezinho e lá a mãe é acolhida pela equipe que realiza o pré-natal, inclusive com orientações sobre aleitamento materno, entre outras informações fundamentais para a boa saúde das mães e dos filhos”, complementa a coordenadora de saúde bucal, Melissa.

 

Fernanda Souza da Silva deu à luz a Eloah Kamilla há quatro dias. A nenê veio ao mundo pesando 1,9 kg, após 35 semanas de gravidez, por meio do parto normal. Sentada numa cadeira confortável, a mamãe recebeu todas as informações para que a puérpera consiga amamentar com qualidade, prazer e principalmente, amamentar sem sentir dor.

 

Fernanda contou que a irmã da bebê, de seis anos de idade, recebeu a mesma forma de alimentação nos primeiros 6 meses de vida. “Muitas mães não querem amamentar porque fica dolorido. Mas, este ato é de muito amor, carinho e cuidado. É um vínculo de mãe e filha, de poder passar o melhor que eu tenho para ela”, disse a mamãe orgulhosa, elogiando o atendimento de toda equipe.

 

Vale ressaltar que durante todo este mês, nas unidades de saúde serão intensificadas a assistência e o acompanhamento às puérperas em suas residências e na própria ESFs. E, no dia 22 de agosto, a Prefeitura presenteia as nutrizes com um ensaio fotográfico num dos cartões postais mais bonitos do município: a Praça Brasil.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)